30 julho, 2013

ELEIÇÃO EXTEMPORÂNEA EM GOIATUBA JÁ TEM CANDIDATOS PARA A DISPUTA

TRE marcou para 1º de setembro a nova eleição. Três são os postulantes à disputa.

Iniciado o processo de escolha e campanha eleitoral, para as eleições suplementares em Goiatuba, marcadas pelo Tribunal Regional Eleitoral de Goiás [TRE-GO] para o dia 1º de setembro. Pouco mais de 26 mil eleitores estão aptos a votar e estarão escolhendo o próximo prefeito e vice - prefeito. Um novo pleito teve de ser marcado porque os candidatos eleitos em 2012 foram cassados por suspeita de compra de votos. 

Foram apresentados três candidatos: Noroel Buzain [PSC], que hoje comanda a cidade interinamente, já que é o presidente da Câmara. Ele que foi Secretário de Marcelo Coelho [PMDB], saiu estremecido com o grupo ao final do mandato do ex – prefeito e tem buscado mostrar serviço frente à prefeitura. Fernando Vasconcelos, que enfrentou Reinaldo Cândido e perdeu as ultimas eleições, é candidato pelo PMDB, mas tenta tirar o estigma de ser a continuidade do desgastado governo anterior. Vale lembrar, que Marcelo Coelho, deixou a administração com altíssimos índices de rejeição e dívidas para a administração atual.

Pelo PSDB, Márcia Cândido se apresenta como um nome novo na política, e quem sabe, capaz que absolver Reinaldo Cândido, seu marido, das acusações que o tiraram da prefeitura. Sua vitória significaria, portanto, uma aprovação popular, principalmente pelo que Cândido vinha realizando frente à Prefeitura nos últimos meses.

As campanhas eleitorais estão liberadas a partir do próximo dia 30. No entanto, somente 20 dias antes da votação poderão ser veiculadas as propagandas no rádio e na televisão. O pleito acontecerá dia 01 de Setembro, das 8h às 17h e o vencedor deve ser conhecido no mesmo dia. A diplomação dos eleitos deve acontecer no máximo até o dia 12 de setembro.

[Teka/Agência Press]